Contador

terça-feira, 1 de junho de 2010

Dia de Africa - por um mundo melhor!




Na Terça-feira dia 25 de Maio celebrou-se o Dia de Àfrica no Espaço Bahia através do espaço cultural com 6 anos que Lukeny Bamba tem mantido no ar. Nesse espaço, houve união, patente na junção de esforços entre artistas pela Arte e por África. Um desfile de "celebridades sem fama" passou pelo palco deixando de forma forte e eficiente uma mensagem de positiva para o futuro de África.

Kanguimbo Ananas declamou e cantou a alma de àfrica em vozes da ancestralidade que nos moveram para anos de História; Já o Sixckim aventurou-se por um monólogo que pretendeu descrever um fio lógico e deconhecido da História do dia de África.

A bela e encantadora Ludmila perpetuou palavras em sons ritmados que na musicalidade do Agora apenas pretendem representar o voo das borboletas sobre as flores dos jardins encantados. Sem éticas e nem morais, apenas ritmos poéticos que também ecoam em África num Spoken Word que é, não mais, que palavra falada.

No palco também se derramou sangue, ou melhor, gotinhas de sangue plenas de revolução em poesia que se quer futurista e delatora do Karma social e económico que se vive em Angola. Karma que se quer desfazer, para se poder ter um futuro no Dharma. Liberto do sofrimento e da dor de não ter o que comer, de não se ter água para beber, energia para nos iluminar a noite e livros para nos fazerem sonhar mundos porque vale a pena lutar. Pois graças ao nosso Kiokamba e Milton tivemos um dos expoentes da poesia declamada com voz de quem já anda cansado de percorrer a desgraça mundana quando já vê mundos de abundância. Falta pouco...é só preciso dar tempo ao tempo pois a Vitória É Certa, com o Lev'Arte.

E como falar em Gotinhas de Sangue, Lev'Arte sem falar nesse grande líder camuflado de povo que é o Kardo Bestilo. Pois é, despiu a veste de infiltrado para se apresentar dorido, arrepiado, arregalado, cadavérico, mas não moribundo...pois é a luta é árdua mas a vontade de vencer impossível de apagar. Kardo libertou gritos sufocados de quem vive amordaçado num tempo que não chega nunca a ser realidade. Somos muitos nesse moviomento de gotas que caem como chuva torrencial em rios gigantescos da alma que corrompem jogos de poder. Somos muitos neste rio que alaga, transborda e não se detém em obstáculos de corrupção. Somos muitos pela Arte e na Arte. Por África, mas acima de tudo por um mundo melhor! Somos muitos!

E Joel, não fez por menos ao defender de forma tão profunda e entusiática o mundo de sucesso que passa pelo caminho Para Deus, com Jesus Cristo e nas aventuras da descoberta de um mundo interior que todos nós temos. Ninguém pode ser feliz sem se conhecer a si próprio e sem lutar pelos sonhos que detém. Só com o entusiasmo dos sonhos, com a força do desejo de ser o melhor possível, o mundo pode evoluir no sentido da Liberdade, Fraternidade e Igualdade imprescendíveis à verdadeira democracia. Nunca é demais sonhar! Mas acima de tudo é imprescendível fazer, tornar realidade, esse mundo interior inerente à alma e á espiritualidade.

E declamou-se mais poesia, percorreram-se mais sentimentos e concluiu-se que a poesia encerra magia e liberta o homem. Só pela mente, pela alma, pelo amor e pela evolução espiritual podemos contribuir para uma Àfrica melhor e acima de tudo para um MUNDO MELHOR onde Deus está no comando...


Para quem quer lêr mais sobre este dia, vão até ao link abaixo:

http://joelsergio.blogspot.com/2010/05/artes-vivas.html


Joel, ainda bem que tomaste a rédea e colocaste em texto um "cadito" do que se passou no espaço Bahia. Para mim, foi um momento divinal visto ter-me sentido parte da mudança para um mundo melhor. E claro que nesse mundo melhor a nossa África não fica atrás...sucesso de todos é o sucesso do mundo. Esse sucesso como tu o defendes nesse tua obra grandiosa, passa necessariamente por Jesus Cristo...
Um bem haja a todos que estiveram presentes a lutar por um mundo melhor e a permitir que Deus intervenha!

Nzambi é Amor

PS: Peço desculpa a quem não citei, mas a minha memória não é das melhores!

3 comentários:

asmodeux disse...

bom eu não tenho visto melhorias nos últimos 10 anos e duvido que veja nos próximos 20
só se para sul está melhor
o que não creio

Florentino disse...

sempre por angola ,., paz e amor no teu coração.

Felizardo Tchiengo Bartolomeu Costa disse...

Eu estou em crer que se nos esforçarmos as coisas relamente mudem, não quero ser tão pessimista ao ponto de supor que as mudanças não virão nunca, mas também acho que antes de qualquer outra coisa temos que tratar das nossas consciências.

Tyengo.blogspot.com